36

Garganta do Paiva


Onde o Paiva estreitece e enfurece

A Garganta do Paiva corresponde a um segmento do rio Paiva onde o leito se torna mais estreito e se prolonga desde a ponte de Alvarenga até ao Vau (G30). Esta ponte, datada do século XVIII, foi mandava construir por alvará de D.Maria I, no ano de 1971. É composta por dois arcos de volta inteira, possui 42 metros de comprimento e é em cantaria. Sobre a ponte é possível observar, para jusante, o vale do Paiva encaixado sobre paredes graníticas abruptas, que curiosamente, contrasta com o vale bem mais aberto, a montante desta ponte. este estrangulamento deve-se à maior resistência do granito de Alvarenga à meteorização e erosão quando comparada com as rochas metassedimentares a montante da ponte, num fenómeno de erosão diferencial. Integrado neste troço destaca-se ainda a ocorrência de marmitas de gigante e da Cascata das Aguieiras (G35).

A área correspondente a este geossítio é, também, um clássico das águas bravas em Portugal, constituído por desafiantes rápidos de classe IV+ e V, numa escala de I e VI. Merece particular relevo o <<Rápido Grande>>, um rápido longo e técnico, sendo o palco da espetacular da prova anual de Kayak Extremo do Paiva Fest. 

As íngremes paredes rochosas deste geossítio são, ainda, ricas em biodiversidade saltando à vista manchas coloridas de verde-limão que correspondem ao líquen Acospora hilaris (indicador de clima mediterrâneo).

As fissuras naturais na rocha granítica são, ainda, refúgio para inúmeras aves de rapina que sobrevoam o vale do Paiva.

Informações úteis

Ponte de Alvarenga, Alvarenga e União de Freguesias de Canelas e Espiunca
181 m
40,572789 | -8,102757

Outros geossítios

_MG_9935.jpg
1

Panorâmica do Detrelo da Malhada

Explorar
Côto do Boi
2

Côto do Boi

Explorar
S. Pedro Velho
3

S. Pedro Velho

Explorar
Marmitas de gigante
4

Marmitas de Gigante do Caima

Explorar
Contacto Litológico da Mizarela
5

Contacto Litológico da Mizarela

Explorar
Frecha da Mizarela
6

Frecha da Mizarela

Explorar
_MG_9717.jpg
7

Pedras Parideiras

Explorar
Dobras da Castanheira
8

Campo de dobras da Castanheira

Explorar
_MGL0623.jpg
9

Filão de quartzo de Cabaços

Explorar
Torre Meteorológica 8.jpg
10

Panorâmica da Costa da Castanheira

Explorar
2600.jpg
11

Pedras Boroas do Junqueiro

Explorar
_MGL0754.jpg
12

Pias do Serlei

Explorar
Pedras Cebola 4.jpg
13

Quartzodiorito de Espinho (Pedras Cebola)

Explorar
Viveiros Granja 4.jpg
14

Bolas Quartzodioríticas dos Viveiros da Granja (Pedras Cebola)

Explorar
DSC06279.JPG
15

Minas da Pena Amarela

Explorar
4.jpg
16

Minas de Rio de Frades

Explorar
123.jpg
17

Icnofósseis de Mourinha

Explorar
128.jpg
18

Livraria do Paiva

Explorar
Conheiros de Janarde
19

Conheiros de Janarde

Explorar
78.jpg
20

Meandros do Paiva

Explorar
Icnofósseis da área de Meitriz
21

Icnofósseis de Meitriz

Explorar
36.jpg
22

Minas de Regoufe

Explorar
_MG_8381.jpg
23

Portal do Inferno e Garra

Explorar
_MG_8240.jpg
24

Panorâmica da Senhora da Mó

Explorar
PO-01811_p106e107.jpg
25

Coleção de Fósseis do Centro de Interpretação Geológica de Canelas

Explorar
IMG_2616.jpg
26

Glaciação ordovícica

Explorar
IMG_2581.jpg
27

Afloramento do Silúrico inferior

Explorar
IMG_2653.jpg
28

Conglomerado do Carbónico

Explorar
96.jpg
29

Gralheira d'Água

Explorar
Praia fluvial do Vau
30

Vau

Explorar
IMG_5537.jpg
31

Gola do Salto

Explorar
Aspectos geotectónicos de Espiunca
32

Falha da Espiunca

Explorar
Icnofósseis da área de Vila Cova
33

Icnofósseis de Vila Cova

Explorar
Icnofósseis da área de Vilarinho
34

Icnofósseis de Vilarinho

Explorar
arouca_0206-27-2.jpg
35

Cascata das Aguieiras

Explorar
15.jpg
37

Icnofósseis de Cabanas Longas

Explorar
pag122e123_1_Avelino.jpg
38

Mira Paiva

Explorar
Marco geodésico da Pedra Posta
39

Pedra Posta

Explorar
PedraMa2.jpg
40

Pedra Má

Explorar
Panorâmica da marco geodésico de Sobreiros
41

Panorâmica de Sobreiros

Explorar